Pesquisar Pesquisar.org


+Acessadas Categoria

Mensagens de Reflexão

Fardas

Gif da mensagem


Essa forma de amor aparente
Inconseqüente
Que me remete a um gozo febril,
Telhados em aços não comportam
A dor amargurada, úmida e exposta de outrora
E pelas entrelinhas
Amores fardados
Estipulados
Sangue e avareza
Em respingos por todos os corpos
Luto, clemência;
Glamour perdido
Aquém de qualquer louvor
Mágoa
Nada
Sementes inférteis
Brotando solo adentro
Palavras
Clamores
Num campo árido, rígido.
Gritos
Lágrimas
Saem dos meus versos em linhas gordas ofensivas
A impolidez em tudo
Solidão
Látex e tijolos
Para nada
Não-construtivo
Não-frutífero
Embrutecido,

Amor impalpável
Um sorriso? Não. Deserto!
Um sonho; Um laço não-carnal,
Infernal!
Línguas e vultos
Suor e lâminas
Murchos o corpo e a alma.
A esperança persevera
Mas o fim... Existe!
A sorte ainda vibra
Resiste em veias dementes.
O ouro reluz menos que uma mente... Brilhante!
E todos os brilhos do universo aspiram o diabólico.
A salvação não é critério dos melhores
É relativo, estar em dia ou não.
E qualquer vinculo é errôneo até que
Soem os primeiros cânticos celestes.
Todo erro é saudável, enquanto iniciam-se suas primeiras proliferações.
Inacabado por todo o sempre,
Como alguns amores,
Ora aparente e ora desfigurado,
Às margens da inexistência.

Autor da mensagem: Ana Carolina Barbosa

Contribuíção: Denise Carreira

Envie a um amigo
Envie a um(a) amigo(a)
Contribua com sua mensagem  Contribua com sua mensagem

Não foi possível ler dados do banco de dados.
Favor tentar mais tarde ou avisar ao administrador


Warning: pg_fetch_array() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/pesquisar/www/cms/db.php on line 209
Luz, Vida e Amor
Autor:   Francisco Campos de Carvalho
Copyright © 2004-2018 - W W W . P E S Q U I S A R . ORG - Todos os direitos reservados.